Morre Zaha Hadid, a mais famosa Arquiteta do Mundo

1/4/2016

Zaha Hadid, a arquiteta mulher mais famosa do mundo, morreu nesta quinta-feira de ataque cardíaco, deixando um legado de grandes projetos arquitetônicos globais, marcados por traços orgânicos e grandes curvas.

 

Foi a primeira mulher a ganhar o Prêmio Pritzker em 2004, morreu nas primeiras horas desta quinta-feira após um ataque cardíaco. Ela tinha 65 anos e, de acordo com nota divulgada em seu site oficial, havia sido internada em Miami por conta de uma bronquite.

 

 Zaha Hadid

 

Nascida em 1950, em Bagdá, capital do Iraque, Zaha Hadid estudou Arquitetura na Architectural Association, em Londres, onde teve aula com Leon Krier e Rem Koolhaas e se formou em 1977. Abriu seu próprio escritório em 1979, em Londres. Ela ficou internacionalmente conhecida por seus projetos ousados, conceituais e que seguiam a corrente desconstrutivista. Entre eles, estão o The Peak Club em Hong Kong, a Opera House de Guangzhou e o Centro Aquático dos Jogos Olímpicos de Londres. Também recebeu a medalha de ouro do Real Instituto dos Arquitetos Britânicos, o maior prêmio de Arquitetura do Reino Unido.

 

Em seu trabalho com o parceiro de escritório Patrik Schumacher, Hadid se interessava na mescla entre arquitetura, paisagem e geologia, usando tecnologias inovadoras, o que muitas vezes resultava em formas arquitetônicas inesperadas e dinâmicas.

 

 

Confira algumas das principais obras da arquiteta:

 

Centro Cultural Aliyev, Baku (Azerbaijão)

 

Centro Aquático de Londres (Inglaterra)

 

Ponte do Terceiro Milénio, Saragoça (Espanha)

 

Complexo urbano Galaxy Soho, em Pequim (China)

 

Dongdaemun Design Plaza em Seul (Coreia do Sul)

 

Ponte Sheikh Zayed, em Abu Dhabi (Emirados Árabes)

 

Ópera de Guangzhou, na província de Guangdong (China)

 

Biblioteca e Centro de aprendizagem da Universidade de Economia de Viena (Áustria)

 

Museu Riverside, em Glasgow (Escócia)

 

Please reload

Núcleo de Arquitetos e Urbanistas do Oeste Baiano 2015. Todos os direitos reservados.